FEIRA ORGÂNICA: UMA NOVIDADE SABOROSA

“Dez motivos para consumir orgânico”. E é com essa frase, num grande banner à calçada da antiga estação, que o centro de Barra Mansa recebe, com olhos curiosos, a pequena e primeira feira orgânica do bairro.

Instalada desde outubro do ano passado, a feira conta com o trabalho de oito produtores certificados pela ABIO (Associação Agrobiológica do Estado do Rio de Janeiro), vindo de diversos lugares da cidade. Como Rialto, Floriano e Fazenda do Salto.

Devido a cidade não ter nenhuma outra feira que trabalhe, inteiramente, com produtos orgânicos e pelo Centro ser um ponto alto para a comercialização, fizeram com que os produtores tivessem a ideia de se instalarem no local. Foi assim que, depois de um longo período, eles contaram com o apoio e o incentivo da Secretaria de Desenvolvimento Rural para a produção orgânica e, assim, a venda dos produtos por meio da Feira Orgânica. Com a liberação da prefeitura, conseguiram um ponto tranquilo para comercializar e difundir a ideia. “Não adianta investir em plantação e produzir orgânico se não tivermos um ponto de comercialização e, nesse caso, a feira é nosso melhor meio”, completa Denise Soares, técnica em agropecuária e facilitadora do grupo na ABIO.

IMG_0002 OK

Denise Soares, uma das produtoras e facilitadora do grupo na ABIO.

O transporte, responsável pelo deslocamento dos produtos e barracas até o Centro, fica por conta de um caminhão baú disponibilizado pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Rural que junto a Prefeitura, tornaram possível a instalação da feira na gare da antiga estação.

Mas quais as razões capazes de fazer alguém se interessar e escolher o produto orgânico ao invés do mercado mais próximo que, em muitos casos, fica até mais barato? As vantagens que fazem esse tipo de alimento ser mais saudável para o consumidor são enormes, assim como o cuidado dos produtores na hora da plantação. Denise conta como os clientes já começaram a se acostumar com a feira e a notar a diferença no sabor dos alimentos. “Quem consome orgânico sabe que o sabor é diferente. Ainda estamos conquistando a clientela e, além disso, formando opinião. Porque, na verdade, muitas pessoas não tem noção do que seja orgânico. É só mais uma barraquinha”, explica. Com orientação e um trabalho social, acrescentado na hora das vendas, eles conseguiram formar uma clientela fiel e que só cresce a cada dia.

IMG_0007 OK

Clientela vem conhecendo o espaço e crescendo a cada dia.

O preço desse tipo de alimento pode variar. Todavia, a dificuldade na hora da produção acabam o tornando mais caro que o convencional. Para a produção dos alimentos orgânicos é necessário que não haja a utilização, por exemplo, de adubo químico e roundup, que é um glifosato utilizado na eliminação das ervas daninhas. O que faz com que os produtores tenham que acabar com o problema manualmente e de maneira bem mais demorada. Levando assim, a produção em menor escala e aumentando em até 30% o preço do produto. O que não é uma regra, pois existem outros produtos que na feira são mais baratos. E ainda com o bônus de serem mais saudáveis.

A ideia para que hoje a feira esteja acontecendo demorou para se tornar realidade. Mas com muita persistência e trabalho, eles conseguiram seu espaço e contam felizes como é gratificante as pessoas estarem reconhecendo os produtos e seu trabalho.

Veja mais fotos aqui:

A feira funciona terça, quinta e sábado de 7h às 13h.

CAROL

Matéria por Ana Carolina Maia

Anúncios
Esse post foi publicado em Notícias. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s